NOTÍCIAS

Matheus Ferraz volta após sete meses e resume motivação no Fluminense: ''Como aos 18 anos"

Depois de chegar sob a desconfiança, o zagueiro logo caiu nas graças da torcida e se firmou entre os titulares. Foram 32 jogos, três gols e um apelido antes da lesão: Maldini tricolor. 

- Toda vez que me perguntam de zagueiro, eu digo que o Maldini é uma grande referência para minha carreira, de quando eu comecei. Ele era diferente. Veio esse apelido e eu sempre digo é que difícil se comparar a ele. Fico feliz deles (torcedores) me compararem, da torcida me comparar assim. Mas eu não chego nem perto do que ele foi - disse.

O torcedor tricolor mais atento lembra do discurso de Matheus Ferraz na preleção da vitória por 2 a 0 sobre o São Paulo, no Morumbi, no último Campeonato Brasileiro. Era novembro de 2019, pouco depois de o zagueiro operar o joelho direito naquele que ele mesmo resume como ''o melhor momento da carreira''. A lesão aconteceu no início de junho. Sete meses depois, Matheus está preparado para voltar a jogar logo na estreia do Fluminense na temporada 2020, domingo, contra a Cabofriense. 

E mais motivado do que nunca aos 34 anos.

- Voltei na pré-temporada com uma vontade muito grande de evoluir, de crescer, como se eu tivesse 18 anos. Sinto que faltou algo para eu poder conquistar no ano passado. Esse desejo de querer mais, de ultrapassar meus limites está ardendo dentro de mim. Tenho trabalhado muito para isso - resumiu Ferraz em entrevista ao GloboEsporte.com.

 

Outras Notícias